Aeroportos de todo o mundo

emirates japan
Em outubro de 2002, a companhia aérea Emirates tornou-se a primeira operadora a vincular o Japão e a região do Golfo com voos sem escalas quando apresentou seu serviço operado quatro vezes por semana para Osaka. Agora, servindo três pontos diariamente, a empresa já transportou mais de 3,9 milhões de passageiros em 15 anos de operações regulares para o país.

O número de passageiros transportados no primeiro ano, cerca de 66 mil em 2002, cresceu para quase 530 mil passageiros transportados entre Dubai e Tóquio (Narita e Haneda) e Osaka em 2016. Essa conquista é o resultado do empenho da Emirates em atender o mercado japonês com produtos convenientes e inovadores e serviços personalizados.

A divisão de cargas também desempenhou um papel importante na conexão do Japão ao mundo, levando mais de 60 mil toneladas de volumes entre Dubai e Japão entre abril de 2014 e março de 2017. Atualmente, as principais importações de carga incluem itens sensíveis ao tempo, como flores cortadas e salmão, bem como têxteis. As principais exportações incluem itens de alta tecnologia, como autopeças, máquinas e produtos elétricos. Os principais destinos de exportação incluem Dubai, Joanesburgo, Barcelona, ​​Bahrein e São Petersburgo.

Os serviços da Emirates também contribuíram para o crescimento contínuo do Japão como destino turístico. O número de visitantes entrantes aumentou cerca de 18% ano-a-ano em agosto último. Os destinos no Japão continuam a ser populares entre os visitantes da Europa, Oriente Médio e África, em cidades particulares como Londres, Barcelona, ​​Casablanca e Roma.
Fonte: Revista Flap

Anúncios

Por causa dos sucessivos lançamentos dos mísseis da Coreia do Norte 3 companhias aéreas da Europa mudaram suas rotas de voo no Japão
lufthansa
A NHK descobriu que 3 companhias aéreas mudaram suas rotas de voos dentro do Japão, em resposta aos sucessivos lançamentos de mísseis pela Coreia do Norte. Os lançamentos foram efetuados no mês passado e um neste mês, os quais sobrevoaram Hokkaido.

Os voos que partem do Japão com destino a Europa tinham uma rota que passava sobre o Mar do Japão. Mudaram a rota sobrevoando o arquipélago japonês, de Tohoku a Hokkaido, levantou a NHK.

Quais são as companhias aéreas
As 3 empresas que fizeram a mudança de rota são a Swiss International Airlines, Lufthansa e Scandinavian Airlines. A Lufthansa Airlines comentou que “nem a distância do voo nem o tempo necessário mudaram. Fizemos a alteração para um caso de emergência, como parte da gestão de crises por proteção aos sucessivos lançamentos dos mísseis da Coréia do Norte”.

Já as companhias aéreas japonesas – ANA e JAL – afirmaram que não pretendem mudar suas rotas.

A NHK ouviu um especialista em voos. Hiroyuki Kobayashi é ex-comandante de voo da JAL e crítico de aviação. Ele explicou que a probabilidade de um encontro entre um avião durante o voo e um míssil é praticamente zero. Avaliou que as companhias aéreas tenham mudado a rota para amenizar a ansiedade dos passageiros e para evitar o risco.
Fonte: Portal Mie com NHK

Passageiros que não obedecerem poderão ser multados em até ¥500 mil

baterias de litio avioes
A partir deste sábado (1), os passageiros de voos no Japão deverão obedecer novas regras para o despacho de dispositivos eletrônicos com bateria de lítio dentro de malas em aviões, informou a emissora TBS.

Os aparelhos eletrônicos que usam esse tipo de bateria, como smartphones, notebooks, tablets e outros, devem ser embrulhados com peças de roupas e colocados em uma mala resistente.

O Ministério dos Transportes informou que as baterias de lítio podem pegar fogo se sofrerem algum impacto durante o voo, o que explica a exigência do uso de roupas para envolver os dispositivos.

Além disso, os aparelhos devem ser colocados na mala completamente desligados. Nem o “modo avião”, disponível na maioria dos smartphones e tablets, e o stand by serão permitidos.

Os passageiros que não seguirem essas regras poderão ser multados em até ¥500 mil, segundo a TBS.

Um passageiro entrevistado pela emissora disse que as novas regras dão mais trabalho na hora de preparar uma mala para viajar e não há informações detalhadas.

“Não sei se devo embrulhar os aparelhos com uma blusa de lã ou um cobertor. Poderiam definir melhor isso para não haver problemas depois”, declarou.
Fonte: Alternativa

10 aeroportos com os melhores restaurantes
O Aeroporto Internacional de Hong Kong foi eleito o melhor para viver uma boa experiência gastronômica
Quem viaja sabe que entre uma conexão e outra, muitas vezes, é inevitável passar longas horas dentro do terminal de um aeroporto. Alguns, no entanto, oferecem uma gama de serviços incríveis – como boas lojas, salas vips e até restaurantes – que o tempo parece voar.

A Skytrax, consultoria especializada em aviação, elege todos os anos os 100 melhores aeroportos do mundo com base na opinião de milhões de pessoas de diferentes partes do mundo. No levantamento, ela lista também os melhores em diferentes serviços prestados.

No ranking deste ano, 10 aeroportos aparecem como os melhores no quesito gastronomia. O Aeroporto Internacional de Hong Kong foi eleito o melhor para viver uma boa experiência de jantar.

Confira abaixo, os aeroportos com os melhores restaurantes para um jantar pelo mundo:

Posição Aeroporto País
1 Aeroporto Internacional de Hong Kong China
2 Aeroporto de Changi Singapura
3 Aeroporto Internacional de Narita Japão
4 Aeroporto Internacional de Incheon Coreia do Sul
5 Aeroporto Internacional de Hamad Catar
6 Aeroporto Internacional de Kansai Japão
7 Aeroporto Internacional de Chubu Centrair Japão
8 Aeroporto de Heathrow (Londres) Inglaterra
9 Aeroporto Intercontinental George Bush (Houston) Estados Unidos
10 Aeroporto de Munique-Franz Josef Strauss Alemanha

Fonte: Exame

changi airportRanking leva em conta avaliação de passageiros do mundo todo; aeroporto de Changi, na Cingapura, ficou em primeiro lugar pelo quinto ano consecutivo
Cheio de conforto para os passageiros e com uma infraestrutura que inclui áreas de relaxamento, jardins variados, escorregador, cinema e até piscina, o aeroporto de Changi, na Cingapura, foi eleito por passageiros o melhor do mundo pelo quinto ano consecutivo no ranking mais conhecido do setor, o Skytrax World Airport Awards.

O vencedor foi escolhido em uma pesquisa que, de julho de 2016 a fevereiro de 2017, colheu a opinião de mais de 13 milhões de usuários de 105 nacionalidades diferentes a respeito de 550 aeroportos. Eles avaliaram a experiência com check-in, serviços, lojas e segurança, entre outros quesitos. Segundo a Skytrax, trata-se da maior pesquisa de satisfação de consumidores nessa indústria.
changi airport2O segundo lugar no ranking deste ano foi o Aeroporto Internacional de Tóquio, no Japão. Em seguida vieram o Aeroporto Internacional de Incheon, na Coreia do Sul, o Aeroporto de Munique, na Alemanha, e o Aeroporto Internacional de Hong Kong.

O aeroporto de Tóquio foi eleito também o mais limpo do mundo e o melhor na categoria de mais de 60 milhões de passageiros. Já o aeroporto de Heathrow, em Londres, foi considerado o melhor para fazer compras e o Hong Kong, o melhor para comer.

A lista completa dos 100 melhores aeroportos do mundo está neste link. Não há nenhum representante brasileiro, mas há alguns latino-americanos, como o de Bogotá (42º lugar), Quito (52º), Lima (55º), Guayaquil (66º) e Panamá (90º) .
changi airport3Veja a lista dos 10 primeiros:
1- Aeroporto de Changi (Cingapura)
2- Aeroporto Internacional de Tóquio (Japão)
3- Aeroporto Internacional de Incheon (Coreia do Sul)
4- Aeroporto de Munique (Alemanha)
5- Aeroporto Internacional de Hong Kong
6- Aeroporto Internacional Hamad (Doha, Catar)
7- Chubu Centrair Nagoya (Japão)
8- Aeroporto de Zurique (Suíça)
9- Aeroporto de Heathrow (Londres, Inglaterra)
10- Aeroporto de Frankfurt (Alemanha)
Fonte: G1

Com a finalidade de impedir a entrada de terroristas na época das Olimpíadas e Paralimpíadas Tóquio 2020, foi introduzido nos portos e aeroportos internacionais um novo sistema de rastreamento de visitantes indesejados e aumentar a fluidez na alfândega. Trata-se do Biocart, que registra a foto facial e as impressões dos dedos indicadores das duas mãos. Desde a sua instalação no começo deste mês, aparentemente, houve fluidez nas filas.

biocart2
O equipamento chamado de Biocart já está em funcionamento em 156 portos e aeroportos, e é eficiente. Ele captura a imagem do rosto e as impressões digitais para serem cruzadas com um banco de dados antiterroristas, onde há informações deles no sistema, atualizados com frequência, por cooperação com entidades internacionais e do próprio país.

Saiba como funciona:

biocart

Os equipamentos estão dispostos antes dos passageiros chegarem à alfândega. Um funcionário indica como fazer o procedimento no Biocart e só depois, o estrangeiro segue para poder ser avaliado pelo funcionário da alfândega.

biocart1

Estão isentos de passarem pelo equipamento os estrangeiros com visto de permanência especial, menores de 16 anos e os diplomatas, basicamente.
Fonte: IPC Digital | Fotos: Chunichi e divulgação do MOJ

Nova norma autoriza ingresso de produtos de origem animal na bagagem.
Antes, apenas processados de origem vegetal tinham autorização.

artisanal-french-cheesedoce de leite
Turistas estrangeiros e brasileiros em viagem no exterior agora já podem trazer na bagagem itens como queijo, salame, doce de leite e pescado. Nova norma federal instituída nesta terça-feira (10) passou a autorizar ao ingresso no Brasil de produtos de origem animal.

Antes, apenas os produtos processados de origem vegetal tinham autorização de ingressar no país com os viajantes.

Segundo o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), a nova normativa cria classificação de "risco insignificante" para esses produtos e traz melhorias no processo de fiscalização do trânsito internacional, que terá foco em produtos de maior risco.

Segundo o secretário de Defesa Agropecuária do ministério, Luis Rangel, a falta de regulamentação era o que impedia o ingresso dos produtos no país. “Fizemos o alinhamento aos procedimentos internacionais de trânsito de bagagens. Isso não trará nenhum prejuízo para a defesa agropecuária.”

Para entrar no território nacional os produtos precisam estar acondicionados em sua embalagem original, com rotulagem que permita sua identificação e origem.

A entrada destes produtos está limitada, no entanto, de 5 quilos a 10 quilos por pessoa, dependendo do produto.

Produtos autorizados
Os produtos contemplados na medida estão divididos em seis grupos:

– Produtos cárneos industrializados destinados ao consumo humano (esterilizados comercialmente, cozidos, extratos ou concentrados de carne etc) – limitado a 10kg por pessoa

– Produtos lácteos industrializados (doce de leite, leite em pó, manteiga, creme de leite, queijo com maturação longa, requeijão etc) – limitado a 5 litros ou 5 Kg por pessoa

– Produtos derivados do ovo (ovo em pó, ovo líquido pasteurizado, clara desidratada etc) -limitado a 5kg por pessoa

– Pescados (salgado inteiro ou eviscerado dessecado, defumado eviscerado, esterilizado comercialmente) – limitado a 5kg por pessoa

– Produtos de confeitaria que contenham ovos, lácteos ou carne na sua composição – limitado a 5kg por pessoa

– Produtos de origem animal para ornamentação.s por pessoa.
Fonte: G1

Shigoto.com Agência de Turismo

Largo Sete de Setembro, 52 Liberdade
São Paulo/SP CEP 01501-050
tel.: 11 3101-8193
e-mail: atendimento@shigoto.com.br

Twitter.com/turismonomundo

Pacote para o Japão

Japão cultural 2012

Pacote para o Japão

Japão Compacto 2012

Pacote para China e Japão

China & Japão 2012

Pacote para Israel

Israel para todos

Pacote para Europa

Viena, Bratislava, Budapeste e Praga

Pacote para Coréia do Sul

Essência da Coréia do Sul

Pacote para Tailândia

Tailândia 2012

Pacote para Okinawa

Okinawa 2012

novembro 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Mais Acessados

  • Nenhum